19 de agosto de 2015

Mi 5: Diretamente da China para seu bolso. Se couber.

O Mi 5 deve ser o próximo top de linha da Xiaomi. O novo smartphone da fabricante chinesa deve ser lançado ainda em 2015. Uma série de rumores e notícias vazadas têm aparecido nos últimos meses, dando destaque às configurações poderosas do aparelho.

Confira quais são as principais expectativas para o Xiaomi Mi 5.

Processador

Acredita-se que a Xiaomi opte pelos recém lançados Snapdragon 820, da Qualcomm. Os novos processadores octa-core, têm interface de 64 bits e alternam velocidades conforme o uso: em baixa demanda, o chip pulsa a 1,8 GHz para economizar energia. Em situações que exigem mais performance, o novo Snapdragon acelera até 2,2 GHz. O SoC conta também com uma GPU Adreno 530.

Tela e especificações

Outras informações especulam que o Mi 5 será construído com uma tela de 5,3 polegadas com resolução de 2560 x 1440 pixels, o que dá ao display a alta densidade de 554 pontos por polegada. Em termos de memória, são 4 GB de RAM e versões de 16 ou 64 GB de espaço interno, sem a possibilidade de expansão via cartão microSD. A câmera do Xiaomi Mi 5 deve ter estabilização ótica e sensor de 16 megapixels, acompanhado por um sistema de flash dual LED. Será possível gravar vídeos em resolução 4K, a 30 quadros por segundo, Full HD a 60 quadros e HD (720p) a 240 quadros.

Design e interface



Embora não existam imagens oficiais sobre o Mi 5, a aposta é que o novo smartphone da Xiaomi apresente um aspecto bastante fino, de apenas 5,3 mm de espessura. A promessa do design é bastante surpreendente levando-se em conta que a bateria do smart deve ser enorme, com 3.030 mAh (para comparação, o Galaxy S6 usa uma bateria de 2.550 mAh).

Outra aposta é de que o Mi 5 terá sensor biométrico e usará porta USB tipo-C para recargas e transferência de dados. O Xiaomi Mi 5 deverá rodar Android 5.1.1 pré-instalado e a expectativa é de que a fabricante opte por aplicar a MIUI 7, interface customizada sobre o sistema operacional do Google.

Nenhum comentário: