14 de novembro de 2013

Facebook ataca Whatsapp

No mundo tecnológico, o que é sucesso hoje não significa que continuará assim por muito tempo. Se lembrarmos que há 3 anos o MSN era o todo poderoso comunicador instantâneo e hoje ele nem existe mais, já podemos ter uma noção de que nada é permanente tecnologicamente falando.

Por isso, o WhatsApp (atual sucesso entre os usuários) deve estar bem preocupado com a nova atualização que o Facebook Messenger recebeu esta semana. Além da nova roupagem para o iOS 7 (coisa que o WhatsApp ainda não fez), o app agora funciona como um verdadeiro comunicador entre plataformas, pois é capaz de mandar mensagens para números de telefone, sem a necessidade das pessoas serem suas amigas no Facebook.

Claro, a outra pessoa também precisa ter instalado o aplicativo do Faceboook Messenger, mas para aquelas que não tem o costume de ficarem sempre conectadas à rede social, podem adotá-lo como serviço de mensagens, cobrindo um número ainda maior de pessoas. Porém, o inconveniente (para quem não gosta de redes sociais) é que o usuário é obrigado a ter uma conta no Facebook. Para identificar quem já possui a nova versão do aplicativo e pode receber mensagens instantâneas, um pequeno ícone azul é mostrado ao lado do avatar do contato. O aplicativo faz uma varredura na agenda do aparelho (se você assim permitir) para que ele analise quais os seus amigos já possuem conta no Facebook.

Nenhum comentário: